840d3f86-969c-4163-a772-41b74beda4c4.jpg
Screenshot_34.jpg

Primeira Página

Círculos de Leitura e APAE: o mundo dos livros é para todos

"Aqueles que não têm o domínio da leitura codificada conseguem ler as imagens, escutar os colegas lendo… Tudo isso é uma forma de leitura”, diz Regiane Silva, professora da Apae Juazeiro.

Por Maria Júlia Miranda em 12/07/2021

O projeto “Teatro na sua janela virtual”, da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) Juazeiro do Norte, no Ceará, foi o despertar de Edênia Araújo, responsável pelo Programa Círculos de Leitura na Crede 19. Assim, em abril do ano passado, o Programa selou sua primeira parceria com o Atendimento Educacional Especializado (AEE).

Croatá: o esforço de um pequeno município do sertão do Ceará para educar

Ex-aluna da escola estadual de Croatá da Serra da Ibiapaba, no noroeste cearense, vai fazer biologia

Por Maria Júlia Miranda em 15/06/2021

Moradora da zona rural de Croatá, município do estado do Ceará, Pauliana Oliveira Lima, de 19 anos, terminou os estudos em 2020 e conseguiu uma vaga em biologia na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Filha de pais agricultores que nunca foram à escola e irmã caçula de cinco irmãos que não concluíram o ensino médio, Pauliana desde criança sempre teve o sonho de estudar, “de fazer diferente.”

Eleições e confronto institucional no Peru

Por Albino Ruiz Lazo em 12/06/2021

Compartilhamos o importante artigo de Albino Ruíz Lazo, membro peruano do Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial e editor da versão em espanhol dos Braudel Papers, sobre as recentes eleições no Peru. Estamos diante de um cenário de polarização extrema, refletindo divisões sociais que tencionam o funcionamento das democracias modernas. A pandemia da covid 19 agravou as desigualdades no Perú, país com o maior número proporcional de óbitos do mundo e que viu 10% de suas população regredir abaixo da linha de pobreza. Nisso há advertência para o Brasil. O Perú era o país latino-americano com mais crescimento econômico, com baixa inflação e ganhos na justiça social, até cair na confusão da corrupção política, estimulada em grande parte pelo Odebrecht. Por detrás das eleições desses dias, há a contestação do modelo liberal em curso há três décadas, agora considerado por muitos eleitores como ineficaz. O aumento da violência, recurso ao medo durante a campanha e divisões que comprometem a governabilidade do próximo governo estão discutidos nesse artigo. Boa leitura!