O SITE
SIGA NOSSAS REDES
SE INSCREVA NA NOSSA NEWSLETTER

COLÓQUIO 

SOBRE AS

INSTITUIÇÕES

Oferecemos um desafio e uma oportunidade a jovens ambiciosos, com potencial para liderança futura, num esforço de entender melhor a evolução das instituições da sociedade moderna. Convidamos estudantes e jovens profissionais para uma série de leituras e discussões sobre a evolução das instituições que, desde épocas remotas, pautam nosso convívio e permitem o desenvolvimento das sociedades complexas. Após os encontros, é produzida uma memória com os principais pontos debatidos, com oportunidade de aprofundamento e divulgação nos meios eletrônicos.

O Povo Contra a Democracia, de Yascha Mounk

"A democracia perdeu sua força e corre perigo. Como chegamos até aqui e o que precisamos fazer agora? Neste livro contundente e necessário, Yascha Mounk une análise política e sólida pesquisa e nos dá diretrizes para o futuro. Com prefácio exclusivo à edição brasileira. O mundo está em crise. Da Rússia, Turquia e Egito aos Estados Unidos, populistas autoritários tomaram o poder. Os cidadãos estão perdendo a confiança em seu sistema político. Como resultado, a própria democracia corre perigo. De um lado, o toma lá, dá cá se tornou moeda de troca política e excluiu a população das tomadas de decisões fundamentais, criando um sistema de “direitos sem democracia”. De outro, governantes antiestablishment defendem restituir o poder ao povo e lutar contra todo e qualquer obstáculo institucional, mesmo que isso signifique criar, na prática, uma “democracia sem direitos”.

A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo, de Max Weber

Em “A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo’, Weber discorre sobre a relevância da reforma protestante para a formação do capitalismo moderno, de modo que relaciona as doutrinas religiosas de crença protestante, para demonstrar o surgimento de um modus operandi de relações sociais, que favorece e caracteriza a produção de excedentes, gerando o acúmulo de capital.

O novo iluminismo: em defesa da razão, da ciência e do humanismo, de Steven Pinker

O novo Iluminismo é um livro que exalta as conquistas da humanidade, mesmo em tempos de grandes desafios. Pinker escreve esse livro em um momento muito delicado no Brasil e no mundo, no qual a ciência, a razão e as instituições estão sendo colocadas em xeque e precisam ser defendidas. Assim como Pinker, muitos pensadores produziram grande sobras em tempos difíceis.

Por que as nações fracassam. As origens do poder, da prosperidade e da pobreza, de Daron Acemoglu e James A. Robinson

Os encontros do Colóquio sobre as Instituições do primeiro semestre de 2018 foi dedicado à leitura e debate da obra Por que as nações fracassam, livro que propõe responder à pergunta que há séculos instiga diversos estudiosos: por que algumas nações são ricas e outras são pobres, divididas por riqueza e pobreza, saúde e doença, comida e fome?

A riqueza das nações, Adam Smith

Os encontros do Colóquio sobre as Instituições do segundo semestre de 2018 foram dedicados à leitura e debate do clássico da economia A riqueza das nações, considerada a obra fundadora da ciência econômica. Escrito no século XVIII, o clássico de Adam Smith gerou uma série de mudanças nas políticas econômicas. O livro aborda temas como o acúmulo de riqueza, divisão do trabalho, sistemas de economia, e até hoje é grande referência entre os estudiosos de todo o mundo.