• Redação

Ed. 16 – King Kong no Brasil



Título: King Kong no Brasil – Quebras de bancos e falências estaduais. Autor: Norman Gall


No início de 1994, quando o último surto de inflação estava no auge, às vésperas do lançamento do Plano Real, moleques de rua brincavam sob uma chuva de notas de dinheiro em uma esquina da avenida Marquês de São Vicente. O trânsito entupido avançava no crepúsculo ventoso e avermelhado de São Paulo, ao lado de velhas fábricas e armazéns à beira do rio Tietê, principal canal aberto dos esgotos da cidade.

Nos cruzamentos da grande cidade, bandos de crianças pediam esmolas a os motoristas que paravam nos sinais fechados. Um deles, numa brincadeira cínica, saíra do carro e jogara para o alto uma sacola de notas: os meninos corriam atrás, examinavam rapidamente o dinheiro e depois jogavam para o alto de novo, como se fosse uma brincadeira. Um garoto de onze anos e chupeta na boca saltava para pegar as notas de mil cruzeiros, equivalentes a cerca de quinze dólares quando foram lançadas em 1990, mas que não valiam mais nada por causa da inflação. Alguns anos antes, aquela sacola de cruzeiros teria alimentado as famílias dos moleques durante várias semanas.

O SITE
SIGA NOSSAS REDES
SE INSCREVA NA NOSSA NEWSLETTER