• Redação

Ed. 21 – Parte 2: Dinheiro, Ganância e Tecnologia

Título: Parte 2: Dinheiro, Ganância e Tecnologia – Os acontecimentos são como vagalumes na noite brasileira: eles brilham, mas não iluminam o caminho. Autor: Norman Gall


“Os acontecimentos são como vagalumes na noite brasileira: eles brilham, mas não iluminam o caminho’, observou Fernand Braudel seis décadas atrás, quando seu carro quebrou numa estrada solitária no sertão da Bahia. Isto também é verdade em relação aos acontecimentos decorrentes da proliferação de ativos financeiros em escala mundial que geraram a crise asiática, levando às dificuldades com as quais a economia mundial se depara hoje.

Na primeira parte deste ensaio (Braudel Papers No. 20), quando descrevíamos a proliferação global dos ativos financeiros que geraram a crise asiática, observamos que alguns países se defrontam com alternativas rígidas, como a Argentina em sua crise bancária e da dívida externa de 1980-82, tendo que escolher entre o calote, o aumento do endividamento interno, ou a recessão severa. Desde então, o video-game Dinheiro, Ganância e Tecnologia gerou apostas muito mais altas. À medida que o medo cercava o encontro anual do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional (FMI) em Washington, o presidente Bill Clinton advertiu que “o mundo se vê diante talvez de sua mais séria crise financeira em meio século”.

O SITE
SIGA NOSSAS REDES
SE INSCREVA NA NOSSA NEWSLETTER